Os Vazamentos de DNS São Perigosos?

Tudo sobre fugas DNS

A Internet coloca uma quantidate extraordinária de informações na ponta dos nossos dedos e nos permite comunicar instantaneamente com pessoas de todo o mundo. Mas o grande número e sofisticação dos ataques cibernéticos aos quais os usuários da Internet estão vulneráveis ​​são igualmente incríveis. Os profissionais de segurança cibernética tiveram que trabalhar horas extra para corrigir falhas de segurança e tentar ficar um passo à frente de hackers nessa corrida.

Numa altura em que um número cada vez maior de pessoas se preocupa com a privacidade online e mantém o controle sobre os seus dados pessoais, os vazamentos de DNS são uma perspectiva especialmente assustadora. Abaixo, explicaremos o que são vazamentos de DNS, por que eles podem ser uma ameaça à segurança quando você está on-line, como detectá-los e evitá-los e qual o papel das VPNs em tudo isso. 

Mas primeiro, para completar a sua compreensão e definir as coisas no contexto, precisamos explicar o que é o DNS.

O que é DNS?

O DNS, ou o sistema de nomes de domínio, é o coração da Internet. É o principal recurso da Internet que permite navegar nos seus sites favoritos usando nomes legíveis por humanos. 

Fundamentalmente, a Internet consiste em uma rede de computadores, chamados servidores, cada um dos quais contém todas as informações associadas a um determinado site. Quando você tenta acessar um site, o seu computador envia uma mensagem ao servidor desse site solicitando acesso a uma página da web. O servidor responde e você recebe acesso.

Mas como o seu computador sabe para quais computadores enviar a solicitação? Os computadores são organizados na Internet pelos seus endereços IP. O IP é uma sequência de números, como 192.168.1.1, que identifica um computador. Navegadores da Web são ferramentas usadas pelo computador para enviar mensagens para outros computadores por meio dos endereços IP. Em poucas palavras, é assim que a Internet funciona. 

Mas os IPs geralmente são complexos e difíceis de serem lembrados pelos humanos. É muito mais fácil lembrar o nome google.com  do que 172.217.15.110, mesmo que a inserção de qualquer um deles na barra de pesquisa do seu navegador permita que você acesse o Google. É aqui que o DNS entra em ação.

O DNS é o serviço que mapeia um nome de domínio legível por humanos, como google.com, para um endereço IP como 172.217.15.110. O seu provedor de serviços de Internet faz isso por meio dos seus resolvedores de DNS. O provedor contata um servidor DNS e solicita o endereço IP que corresponde ao nome de domínio que você digitou no seu navegador. Dessa forma, você pode inserir “google.com” no seu navegador e ele saberá que tem que enviar solicitações para o endereço IP 172.217.15.110.

Como ocorre um vazamento de DNS?

Como o seu provedor de Internet normalmente entra em contato com servidores DNS públicos quando você navega na Internet, ele possui um registro completo de todo o seu histórico de navegação online. Além disso, esses servidores DNS públicos precisam responder às suas solicitações. Dessa forma, eles possuem registros do seu endereço IP pessoal. Qualquer pessoa que inspecione adequadamente esses servidores DNS públicos poderá descobrir o seu endereço IP e usá-lo para invadir o seu computador.

Informação pessoal vazando

Um vazamento de DNS é uma falha de segurança na qual os endereços IP e outros dados pessoais dos usuários da Internet “vazam” porque as conexões entre os provedores de Internet dos usuários e os servidores DNS não foram criptografadas ou não são seguras.

Como impedir vazamentos de DNS

Para hackers, os endereços IP dos seus alvos são essenciais. Os IPs são a única informação crucial que, mais do que qualquer outra, permitirá que os hackers explorem os sistemas que pretendem. Como tal, é fundamental que o seu endereço IP não caia nas mãos erradas, o que significa que a antecipação e a proteção contra vazamentos de DNS são profundamente importantes. Como você deve fazer isso? 

Primeiro, é importante detectar vazamentos no DNS quando eles acontecem ou quando é provável que ocorram. Dessa forma, você pode minimizar os riscos e danos. Segundo, talvez o dispositivo mais importante para impedir fugas de DNS seja uma VPN, ou Rede Privada Virtual.

Você corre o risco de fugas de DNS?

Se você não estiver usando uma VPN, então, conforme discutido acima, os resolvedores de DNS do seu provedor são um risco considerável. Como o seu provedor comunica com servidores DNS públicos sobre os quais você não tem controle, não há realmente nada que você possa fazer para detectar ou impedir um vazamento. A coisa mais prudente a fazer em tal situação é assumir o risco que você corre e obter uma VPN.

VPNs e vazamentos de DNS

As VPNs colocam uma camada de criptografia entre os seus dispositivos pessoais e a Internet. Basicamente, eles criam um túnel criptografado especial através do qual todo o tráfego dos seus dispositivos é roteado à medida que sai para outros dispositivos conectados à Internet. Assim, as informações pessoais sobre você, particularmente o seu endereço IP, são ocultadas sempre que você usa uma VPN.

Em particular, as VPNs direcionam o seu tráfego através de vários servidores proxy, dificultando que possíveis hackers determinem a fonte original do seu tráfego e, portanto, o seu endereço IP real. 

Um aspeto muito importante é que muitos provedores de VPN têm os seus próprios servidores DNS especiais para os quais eles encaminham todas as solicitações de DNS. Assim, quando você navega na Internet com essa VPN e insere um nome de domínio no seu navegador da Web, a sua solicitação não vai para os servidores DNS públicos do seu provedor, mas para servidores DNS privados pertencentes ao seu provedor de VPN. Como tudo é criptografado e privado, isso oferece uma camada adicional de segurança.

No entanto, é muito importante entender que, mesmo com uma VPN, você nem sempre está seguro contra vazamentos de DNS. Alguns provedores de VPN não possuem os seus próprios servidores DNS. Em outros casos, o seu navegador pode simplesmente ignorar as solicitações da VPN para enviar tráfego para os servidores DNS da VPN e pode enviá-lo para os servidores do seu provedor de Internet. 

Para se proteger contra essa possibilidade, é altamente recomendável usar uma VPN com uma ferramenta de proteção contra vazamentos de DNS. Esse recurso monitora constantemente todas as solicitações de DNS para garantir que elas sejam enviadas apenas aos servidores do provedor de VPN.

Testar e bloquear vazamentos de DNS

Para ter a certeza absoluta de que você não está vulnerável, também é importante realizar periodicamente testes de vazamento de DNS. Existem muitos sites que permitem testar a sua VPN quanto a fugas de DNS, como o dnsleaktest.com . Se os resultados do teste mostrarem que houve um vazamento, talvez seja necessário alterar o servidor DNS. Aqui está um guia completo (em inglês) para fazer isso para todos os tipos de dispositivos e sistemas operacionais. 

Se você estiver usando um computador com Windows, pode ser necessário desativar o Teredo, um software que permite que o computador funcione com os protocolos IPv4 e IPv6 e que, às vezes, causa vazamentos de DNS. Para fazer isso, abra a linha de comandos e digite o seguinte comando exatamente como está escrito: netsh interface Teredo set state type=default.

Conclusão

Os vazamentos de DNS são um negócio perigoso porque podem expor o seu endereço IP a hackers. Felizmente, há muito que você pode fazer para se proteger contra eles. Em particular, existem muitas VPNs com recursos especiais projetados para resolver esse mesmo problema. Embora as VPNs não sejam perfeitas, você pode executar algumas etapas para detectar e corrigir fugas de DNS quando o seu programa de VPN falhar.

Share this post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

You might also like:

Conetando o Vuze a uma VPN
Torrents

Como vincular o Vuze a uma VPN

Quando se trata de torrents, a privacidade deve ser uma prioridade. E o cliente de torrents Vuze oferece um recurso exclusivo que permite vinculá-lo a uma VPN e fazer o download ou o upload somente quando houver uma conexão VPN ativa.

Read More »
O Cliente de torrents BitTorrent
Torrents

O Programa BitTorrent

Se você está ligado ao mundo dos torrents, provavelmente já encontrou o BitTorrent em algum momento. Esse protocolo é uma excelente maneira de baixar e compartilhar

Read More »