Diferenças entre Tor e VPNQuando falamos em privacidade e criptografia, o grande número de termos e frases pode ser confuso, como  VPN e TOR. Por isso, decidimos escrever um post simples explicando o seu significado e também as diferenças entre eles.

Ambos a VPN e o Tor são formas de ocultar a sua identidade online e proteger você de ser rastreado . Existem várias razões pelas quais alguém escolheria fazer isso. Desde postar opiniões políticas em um país onde é proibido fazê-lo, até querer revelar fatos sobre uma organização ou pessoa que possam potencialmente trazer algum tipo de ameaça (denúncia). E muito mais, como navegar na Dark Web. Vamos ver as definições e como esses métodos se encaixam no mundo do uso anônimo da web.

O que é TOR?

O que é o Tor?Em 2002, um software foi lançado com o nome The Onion Router. Foi uma referência às várias camadas de criptografia fornecidas pelo serviço, visto que uma cebola (onion) também tem muitas camadas. O TOR foi originalmente projetado para comunicações secretas da Marinha dos EUA. O serviço evoluiu para fornecer anonimato aos usuários da Internet ao redirecionar o sinal por meio de vários nós. Não permite que o endereço IP do usuário seja identificado e rastreado.

O TOR é altamente reconhecido pelos seus benefícios em ajudar as pessoas a se conectar e compartilhar opiniões fatos anonimamente. Em algumas situações, pode ser perigoso não usá-lo, como em denúncias, agendas anti-políticas outras situações relacionadas com direitos humanos. Na verdade, o TORe tem o apoio de várias agências de direitos humanos, como a Electronic Frontier Foundation. A maioria das pessoas associa o TOR com a Dark Web, a “ovelha negra” do mundo da Internet. Essas pessoas não sabem que o programa é perfeitamente legal e seguro para usar com outros aplicativos.

Usar o TOR

O TOR é executado por voluntários, que fornecem nós de saída. O endereço IP está constantemente saltando e mudando de nó para nó, tornando-o impossível de rastrearÉ como um corredor de bastões em uma maratona. O bastão é passado de corredor para corredor sem contato entre corredores anteriores ou futuros, exceto aqueles que realmente passam o bastão. Com o TOR, essas parcelas de passagem de informação são chamadas de circuitos. Para uma maior segurança, esses circuitos são redefinidos aleatoriamente a cada dez minutos. Em um processo chamado geo-spoofing, um usuário pode até fazer parecer que está usando a internet a partir de outro país. Os próprios voluntários, enquanto prestam um ótimo serviço para a comunidade TOR, correm um alto risco de ser associados a atividades problemáticas ou ilegais.

Ele tem algumas vantagens sobre uma VPN. Devido à sua natureza em constante mudança, a rede é quase impossível de desligar, hackear ou atacar. É também uma maneira muito segura de permanecer anônimo, e é praticamente impossível de rastrear. O TOR é conhecido por ter alguns ataques de malware, como Trojans, mas é mais seguro que outros navegadores. O TOR também é gratuito e, como mencionamos anteriormente, é dirigido por voluntários.

Uma desvantagem notável do TOR é que ele é muito lento devido à natureza dos seus processos. Também não é adequado para compartilhamento de arquivos P2P e baixar torrents. Alguns usuários ignoram isso usando BitTorrent, mas isso diminui a velocidade do TOR para todos os outros usuários conectados.  O TOR também não é a maneira mais eficiente de falsificar ou transmitir conteúdo e serviços de mídia com restrição geográfica.

O que é uma VPN?

Comparação entre VPN e TORUma Rede Privada Virtual é outra maneira de se conectar à Internet com segurança. Esse tipo de software foi originalmente projetado para grandes corporações se protegerem online. Mas as VPNs agora são usadas pelos usuários da Internet para ocultar a sua atividade e hábitos de navegação. Uma VPN é usada com a sua ligação normal, ou seja, com o seu ISP. Mas os dados são criptografados, para que o ISP não tenha conhecimento das suas atividades. Tudo o que o ISP sabe é que você está acessando a Internet com uma VPN. O IP da VPN é endereço exibido, e não o seu.

Usar uma VPN

Usar uma VPN é uma maneira segura e eficiente de navegar na Internet, compartilhar arquivos torrent e P2P, e ver arquivos confidenciais de qualquer tipo. Uma VPN fornece velocidades mais rápidas que o TOR, permitindo uma transmissão mais rápida de conteúdo com restrição geográfica e falsificação de localização mais eficaz.

No entanto, uma VPN é mais acessível às autoridades e, de fato, muitos países precisam manter registros da atividade da VPN. Ao escolher um provedor de VPN, o antigo ditado “você recebe o que você paga” se aplica. As VPNs gratuitas são restritivas e mais propensas a manter registros que podem ser acessados pela polícia ou pelo governo. É muito importante escolher uma VPN impossível de rastrear, uma que não guarde sua atividade.

A melhor escolha depende das suas necessidades

Ao escolher entre VPN e TOR, os usuários devem ter em conta o motivo por que precisam desses serviços. Uma Rede Privada Virtual é uma excelente escolha para velocidade, versatilidadede uso e flexibilidade. Permite streaming mais rápido de conteúdo e compartilhamento de arquivos. Mas os usuários podem ser suscetíveis a ter suas informações fornecidas às autoridades por meio de registros mantidos por provedores não confiáveis.

O TOR é uma opção mais lenta e não permite a flexibilidade de uma VPN. Mas fornece um anonimato eficaz em situações em que navegar ou postar online pode potencialmente ameaçar o usuário. Ambos têm suas vantagens e desvantagens, e a melhor escolha depende inteiramente da intenção de cada usuário