O seu IP não está protegido: 66.249.66.129

Riscos do compartilhamento de arquivos via P2P

P2P, ou Peer to Peer, refere-se ao ato de compartilhar arquivos entre dois ou mais sistemas sem a necessidade de um servidor central. Isso também é conhecido como torrent. Os arquivos são compartilhados diretamente do computador host para o usuário. Os arquivos enviados com mais frequência podem incluir mídias digitais, como fotos, músicas e filmes.

Esse é um método popular de carregar e baixar informações digitais, mas nem sempre é uma maneira segura de fazer isso.

Compartilhamento de arquivos P2P: o bom, o mau e o arriscado

Quando você está recebendo um arquivo, você nunca pode ter certeza da origem desse arquivo. Isso deixa você em risco por vários motivos.

Pirata informático roubando informação pessoalPossível Roubo de Identidade: Quando você faz upload ou compartilha arquivos torrent, pode ser solicitado que você diminua as proteções do seu computador, como firewalls e software antivírus. Obviamente, esse é um sinal óbvio de que a sua fonte não é confiável. Quando você reduz as suas defesas, você corre o risco de ser uma vítima de hackers. Uma vez dentro do seu computador, esses hackers têm liberdade de fazer o que quiserem. Dessa forma, eles terão acesso a senhas, contas e até mesmo informações de cartão de crédito armazenadas. O roubo de identidade está em ascensão, com quase 978 milhões de vítimas em todo o mundo em 2017. Alguns hackers podem evitar as proteções em seu computador e obter acesso a suas informações, especialmente quando firewalls e software de detecção de vírus são de baixa qualidade.

Infecção por vírus: arquivos baixados podem vir com algumas surpresas desagradáveis. Vírus e malware são projetados para destruir o disco rígido do seu computador. Uma vez que seu dispositivo está infectado, você está numa longa batalha e potencialmente cara para se livrar deles. Alguns dos favoritos dos hackers atualmente são variações de:

  • Spyware: permite que o hacker rastreie sua atividade na Internet.
  • Vírus: Pode se replicar e corromper seu disco rígido e arquivos.
  • Trojans: Disfarçados como software ou dados legítimos, os Trojans são um tipo de vírus projetado para destruir seu disco rígido.
  • Worms: Os worms têm o objetivo de derrubar a própria rede, enquanto os vírus se destinam ao computador individual.

Questões Legais e Multas: Como grande parte da mídia digital é protegida por direitos autorais, os riscos de compartilhar P2P podem envolver várias legalidades. O primeiro passo em uma possível batalha legal é receber um aviso da DMCA. Os próximos passos podem ser um pouco mais complicados, e até podem incluir multas.

Como se Proteger?

Apesar dos riscos, o compartilhamento de arquivos é uma maneira perfeitamente viável de compartilhar informações. Tudo o que você precisa fazer é seguir alguns passos para garantir que suas informações e seu dispositivo estejam protegidos.

  1. Atualize seu dispositivo com um software antivírus legítimo: se você não tiver um software antivírus, baixe um. Essa é uma maneira de impedir o malware, seja navegando na Internet ou baixando torrents.
  2. Proteja sua identidade com uma VPN: esse é um componente essencial para se proteger de todos os riscos do compartilhamento de arquivos. Ao escolher seu provedor de VPN, verifique se é uma VPN que não mantém registros e que permite o compartilhamento de torrents.
  3. Firewalls: semelhante a um software antivírus, os firewalls bloqueiam atividades suspeitas e malware antes que o dispositivo seja exposto. Muitos provedores de VPN oferecem um firewall, e o seu dispositivo também pode já ter um incluído. Verifique as configurações e ative seus firewalls para se proteger.

Conclusão

Embora existam riscos inerentes para compartilhar arquivos via P2P, ainda é uma maneira muito popular de compartilhar dados e mídia digital na Internet. Esses riscos, no entanto, podem ser reduzidos significativamente com algumas ações defensivas e um pouco de bom senso.