O seu IP não está protegido: 54.163.39.19

O que é VPN?

Muitos leitores nos enviam mails a pedir uma definição de VPN. Isso é porque muitas das explicações na Internet têm linguagem demasiado técnica e muita gente acaba por não perceber. Por essa razão decidimos explicar nesse post o que é uma VPN. Mas dessa vez sem exagero de palavras técnicas, para que todo o mundo entenda sem problemas.

O que significa VPN

Em primeiro lugar vamos ver o nome, o que essa sigla quer dizer. VPN são as letras iniciais de “Virtual Private Network“, que em Português quer dizer “Rede Privada Virtual“.
Por vezes você vai encontrar VPN, outras vezes Rede Privada Virtual. É exatamente a mesma coisa, uma é a sigla do nome em inglês e a outra é a tradução para português.

Como funciona uma Rede Privada Virtual?

Uma VPN permite ocultar o IP de “olhares curiosos”. Ao mesmo tempo, encripta a sua conexão para fornecer segurança completa. O novo IP que lhe é fornecido é utilizado para toda a sua atividade na Internet, como por exemplo partilha de ficheiros, navegar online, chat, mails, etc. O usuário até pode escolher o país desse novo endereço de IP. Para isso basta escolher o país do servidor VPN onde se quer conectar. Por exemplo, se me conecto a um servidor do México, o meu IP será Mexicano. Tudo isso é possível devido ao uso servidores dedicados, algoritmos complexos e túneis encriptados por onde a sua informação passa, para garantir uma proteção total.

Com a seguinte imagem podemos perceber melhor como funciona:

O que é uma VPN

Entre você e o servidor há um túnel encriptado. E ninguém (para além de você mesmo) tem acesso à informação que está a ser enviada e recebida através desse túnel VPN. Os melhores serviços usam sistemas de encriptação modernos e inquebráveis. Isso faz com que seja impossível que qualquer entidade tenha acesso à sua atividade.

É entre o servidor da VPN e a Internet que esse novo endereço de IP entra em ação. Vamos imaginar que está a baixar um arquivo torrent. Como falamos antes, os usuários estão visíveis devido aos trackers nos arquivos dos torrents. Com o software VPN ativado, os trackers guardam um novo endereço de IP, o do servidor da VPN, e não o seu verdadeiro IP. Se alguma entidade tentar seguir esse endereço de IP, vai ser dirigida ao servidor da VPN, e não vai passar desse lugar.

Em palavras mais simples

Para ficar ainda mais fácil, vamos usar uma metáfora: Imagine que a Internet é uma rodovia. Sem uma conexão VPN você está visível para todos os outros veículos nessa rodovia. Tem mais veículos como o seu, e também qualquer tipo de veículo aéreo que está vigiando, olhando para baixo. Qualquer um pode ver você.

O túnel encriptado da VPNAgora imagine que quando você se conecta a uma VPN, você está dentro de um túnel privado nessa rodovia. Como o túnel é privado, não tem outros veículos, você está sozinho. Assim, esses outros veículos não podem ver você nem a sua atividade. E principalmente os veículos aéreos que estão vigiando desde cima, eles apenas vêem um túnel impossível de penetrar.

Para que você perceba a eficácia dos melhores softwares VPN, nem mesmo o seu fornecedor de Internet tem acesso à sua atividade. Nem governos, nem hackers, nem agências de espionagem e monitoramento… ninguém!

Como o usuário se conecta a uma VPN?

Os servidores privados de uma VPN estão espalhados pelo mundo, e cabe ao usuário escolher o país onde quer se conectar. Em outras palavras, o país que o usuário escolhe para se conectar será o país do seu novo IP. Vejamos um exemplo:

O João está no Brasil e está conetado a uma VPN, em um servidor do Canadá. Isso significa que o verdadeiro endereço de IP do João é Brasileiro, mas foi substituído por um IP do Canadá porque ele escolheu um servidor desse país.

Para concluir esse exemplo, imagine que o João está baixando um arquivo torrent. Agora imagine que uma agência de monitoramento está vigiando o tracker desse arquivo. Quando eles tentam identificar ou seguir a atividade do João, isso é o que eles vão ver:

1. Usuário localizado no Canadá
2. Conexão encriptada, código binário (001010101010110101010)

Escolher uma boa VPN nem sempre é fácil, principalmente porque os softwares VPN têm recursos diferentes. Por exemplo, alguns softwares oferecem mais conexões simultâneas do que outros. Isso significa que mais pessoas e dispositivos podem estar conectados à mesma conta, o que é ótimo para uma família. Outro fator importante são as ferramentas de segurança extra, como por exemplo o kill Switch. E claro, os preços também são diferentes.

Para facilitar esta tarefa, testamos, selecionamos e comparamos os melhores softwares VPN. Dessa forma, os nossos leitores estarão mais informados e confiantes com a sua escolha.

Esperamos que depois de ler esse post fique fácil entender o que é uma VPN. Mas se tiver alguma dúvida, não hesite em entrar em contato. Ficamos sempre felizes em ajudar os nossos leitores.