O Kill Switch Para Baixar Torrents em Segurança

Se a sua VPN se desconectar enquanto você está baixando torrents, você pode pensar que não há problema. Mas, como sempre, não é assim tão simples. Se você estiver usando uma VPN sem um Kill Switch e a VPN desconectar, poderá ficar exposto repentinamente, sem nenhum aviso.

Uma Desconexão da VPN Pode ter Consequências Sérias

Há uma chance de você nem saber que a sua VPN parou e que a sua atividade de torrent está agora à vista de olhares indiscretos. Se isso acontecer enquanto baixa torrents, você poderá atrair a atenção indesejada do seu provedor de Internet e de outras agências de monitoramento.

Após uma desconexão da VPN, você pode ter algumas perguntas para responder ao seu provedor de serviços de Internet (ou às autoridades). As suas informações protegidas podem ter ficado muito mais vulneráveis ​​apenas porque a sua VPN não possui uma ferramenta de segurança importante, um plano de backup conhecido como Kill Switch.

O que é um Kill Switch?

Felizmente, a maioria das VPNs possui ferramentas de segurança para situações como essa. Uma delas é o Kill Switch, que é acionado automaticamente quando a VPN é desconectada.

Esse recurso tem o objetivo de eliminar a conexão com a Internet, caso a VPN pare de funcionar por algum motivo. O objetivo é que o endereço IP real do usuário não seja mostrado enquanto a VPN estiver desconectada.

O kill switch escondendo a identidade de um usuário

Basicamente, o VPN Kill Switch fornece uma camada extra de segurança. O usuário sabe que, se houver algum problema, esse recurso interromperá imediatamente a conexão com a Internet, mantendo o IP real oculto. Quando a VPN estiver funcionando novamente, a conexão voltará a funcionar.

Por que um Kill Switch é Importante Para Torrents?

Quando você está baixando arquivos torrent com uma conexão VPN, o IP visto pelo rastreador do arquivo torrent é o IP do servidor VPN. Quando a VPN para de funcionar inesperadamente, o seu IP real fica visível e você fica exposto. Mesmo que tenha sido apenas um segundo baixando torrents sem uma conexão VPN, o seu IP vai ser guardado pelo rastreador.

Porém, se você estiver usando um Kill Switch, sempre que houver um problema com a VPN, a sua conexão com a Internet será interrompida antes que o seu IP real seja exposto. Essa interrupção é feita imediatamente, portanto não há tempo para você ficar visível no rastreador.

Kill Switch Normal vs Kill Switch de Aplicativos

Existem dois tipos de Kill Switch; aqueles que terminam totalmente a sua conexão com a Internet e os que interrompem apenas os programas que você escolher. Alguns provedores de VPN estão começando a incluir os dois métodos.

Por exemplo, ao baixar torrents com o NordVPN, o usuário tem a possibilidade de desligar toda a conexão se a VPN parar de funcionar. Mas há um Kill Switch personalizado disponível também. Nesse caso, o usuário pode escolher previamente os aplicativos que deseja interromper caso haja um problema com a VPN.

Se você estiver baixando torrents, poderá selecionar o seu cliente BitTorrent a ser desligado se houver uma desconexão e deixar todo o resto fora do alcance do Kill Switch. Dessa forma, não haverá uma desconexão completa da Internet, o que pode ser realmente útil se você ainda precisar usar outro aplicativo on-line, como um navegador. Lembre-se de que o seu IP real ficará visível enquanto a VPN estiver desativada, o que significa que os programas que você não selecionou poderão vê-lo.

Conclusão

Uma desconexão da VPN durante o download de torrents parece simples. Com alguma sorte, você só precisa ligá-la novamente. Mas, em alguns casos, você vaza sua identidade e atividade online e o dano é irreversível. Para evitar tal situação, ferramentas como um Kill Switch devem ser obrigatórias.

Felizmente, um bom serviço de VPN quase nunca se desconecta, mas a verdade é que isso pode acontecer. Por esse motivo, alguns provedores incluem esse recurso no seu software VPN, para a tranquilidade do usuário.